Etapas de formação

Etapas de Formação o processo formativo abrange todo tempo da vida, ele acontece em algumas formas e ritos adequados a cada pessoa através daquilo que rege a constituição das irmãs franciscanas de Cristo Rei

Admissão da jovem na Congregação: é feita pela Superiora Geral, a jovem aspirante é destinada a uma Fraternidade por um período de 1 a 2 anos para realizar o aspirantado, após esta etapa a mesma escreve um pedido para iniciar o postulado onde a superiora geral com seu conselho admite para a nova etapa formativa em sua vida.

O postulado é um período que permite a passagem progressiva da vida do mundo onde a jovem vai conhecendo mais de perto o modo de ser e viver das Irmãs Franciscanas de cristo Rei.

O noviciado: duração 2 anos e realiza-se na comunidade designada para esta etapa especifica da formação. O noviciado é um período principal da formação ele dá início a vida na congregação, destina-se a fazer com que a noviça possa tomar uma consciência melhor de sua vocação religiosa na Congregação experimentando seu modo de viver e formando-se no seu espírito.

O noviciado é dividido em duas etapas: o primeiro ano chamado período canônico, onde a jovem estuda se prepara na fraternidade. O segundo ano do noviciado é o período apostólico sendo que a jovem é designada a uma outra Fraternidade para fazer a experiência de se tornar irmã Franciscana de Cristo Rei. Após esse período a jovem expressa por escrito o seu desejo de fazer a profissão Religiosa. Se ela for aprovada pela equipe de formação fara os seus primeiros votos.

Profissão temporária: após admissão do seu pedido para continuar na Congregação a jovem  realiza a profissão temporária assumindo mediante voto público a obrigação de observar os três conselhos evangélicos de Obediência, Pobreza e Castidade, é consagrada a Deus pelo Ministério da Igreja e é incorporada na Congregação com os mesmos direitos e deveres das irmãs de votos perpétuos.

Júniorato: é um tempo formativo de grande importância durante o qual a jovem professa consolida sua escolha vocacional a sua formação segundo a forma de vida e Missão da Congregação e se prepara para doar se para sempre ao Senhor com a profissão Perpétua. O Júniorato é de 5 anos ou até que seja necessário e neste período a jovem professa renova anualmente os seus votos.

Profissão Perpétua: é realizada no término do período do Júniorato, se a irmã for julgada idônea seja admitida a profissão Perpétua pela Superiora Geral com o consentimento do seu conselho, tornando a irmã incorporada de modo definitivo na Congregação por toda a sua vida.

Formação continua: As Irmãs desejosas em crescer no Amor oblativo a Deus e aos irmãos até o encontro definitivo com o seu Senhor acolhem o convite de São Francisco de começar sempre de novo e fazer o bem e esforçam-se para aperfeiçoar continuamente a sua formação.